Ordenação Episcopal e sua 1ª Missa Episcopal - Dom Antonio Braz Benevente


Mais de três mil fiéis participaram neste último dia 07 setembro, no ginásio Marista, em Uberaba, da cerimônia de ordenação episcopal de Dom Antonio Braz Benevente. “Estou indo para a terra prometida, a mim confiada por Deus,” disse eufórico o recém ordenado bispo de Jacarezinho, no Paraná.
 
A cerimônia de ordenação episcopal, de quase três horas de duração, reuniu ainda cerca de 150 padres, 12 bispos e arcebispos, além de dezenas de seminaristas e religiosas. Os familiares de dom Antonio Braz Benevente também marcaram forte presença. Dona Jaci Aparecida Benevente, mãe de dom Antonio, não escondia a emoção. “Eu acreditava na sua nomeação ao episcopado, só não esperava que viesse já,” disse ela muito feliz.
 
Após a homilia de dom Roque Oppermann, presidente da celebração, seguiu-se o ritual da ordenação episcopal de dom Antonio Braz Benevente. A prostração, durante a ladainha, foi um momento marcante, pois significa a entrega total do nomeado a função confiada.
 
A imposição das mãos, neste caso, feita só pelos bispos é o momento maior da cerimônia. Afinal, é com a invocação do Espírito Santo que se confirma a sagração do bispo. O ato incluiu ainda o gesto simbólico de colocar o evangeliário sobre a cabeça do bispo ordenado, demonstrando que a proclamação do evangelho deve ser a sua maior preocupação.
 
O ritual encerrou-se com a oração consecratória, seguida da unção do novo bispo com o óleo do sacramento do Crisma. Ungido pelo espírito Santo, dom Antonio saiu em caminhada pelo ginásio saudando as pessoas, inclusive, o seu novo rebanho, que veio em grande número de Jacarezinho.
 
Segundo dom Roque Opperman se o bispo recém ordenado estava emocionado, o mesmo poderia dizer-se sobre a sua pessoa. “Afinal, ajudei a ordenar nove postulantes. Agora, enfim, pode presidir a ordenação de um dos eleitos pelo papa para o episcopado,” disse ele reforçando o seu pensamento de que o ato funciona como estímulo para o restante do clero uberabense. Para dom Benedito Ulhoa Vieira, quem ordenou Benevente ao sacerdócio, o fato do papa Bento XVI ter olhado para o nosso clero é uma grande honra para a Arquidiocese de Uberaba.
 
Já para dom Fernando Penteado, bispo emérito, a ordenação de dom Antonio e sua indicação para Jacarezinho é uma bênção para o povo daquela diocese. “Ele já cativou os padres e com certeza, saberá encaminhar o seu rebanho para Deus,” realçou. Já o colega de seminário, dom João Carlos Selene, bispo auxiliar de Curitiba, entende que dom Antonio está muitíssimo preparado para a nova missão.
 
Ainda na celebração os representantes dos presbíteros de Uberaba e Jacarezinho agradeceram a Deus por dom Antonio. Uberaba, pelos 25 anos de serviços prestados a Arquidiocese. E Jacarezinho, pelo presente de um novo bispo, o sétimo na história da diocese e que irá suceder dom Fernando.
 
Para dom Antonio Braz Benevente, 49 anos, a ordenação episcopal veio com naturalidade, embora jamais tivesse trabalhado pensando nisto. “Quando fui ordenado padre em 1985 fui para Planura, uma pequena cidade de nossa arquidiocese, e comecei a minha caminhada, sempre respeitando as leis da Igreja e o povo de Deus. No entanto, agora que me foi confiada à diocese de Jacarezinho, no Paraná, recebo a como a minha terra prometida,” disse dom Antonio prometendo dedicação ao seu novo rebanho.
 
Ao final, dom Antonio Braz fez três pedidos a Deus: um pouquinho da memória invejável de dom Alexandre, os passos rápidos (determinados) de Dom Benedito e alguns centímetros, dos quase dois metros, do coração misericordioso de dom Roque Oppermann.
 
Neste intervalo até a sua posse, em 10 de outubro, na Matriz da Imaculada Conceição, em Jacarezinho, dom Antonio presidirá uma serie de celebrações, a maioria em cidades da Arquidiocese de Uberaba, em comemoração aos seus 25 anos de sacerdócio. São mais de 30 missas, uma delas, inclusive, na matriz de Itápolis, sua terra natal.
 
Rubério Santos
Assessor de Imprensa
Arquidiocese de Uberaba/MG


Sua Primeira Missa Episcopal, realizada no Santuário da Medalha Milagrosa - Uberaba  - MG